Pesquisar por palavra-chave:

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Entenda as memórias do seu computador

As memórias são divididas em dois tipos básicos, que se subdividem em outros subtipos. veja na imagem a seguir:

ROM (Read Only Memory) ou memória somente de leitura

Trata-se do tipo de memórias que não depende de alimentação elétrica para manter suas informações armazenadas, este tipo de memória, é usada, por exemplo, pelo chip CMOS para gravar o utilitário SETUP, porém, as configurações salvas do SETUP, são armazenadas na CMOS-RAM, que depende da alimentação elétrica constante da bateria da Placa-mãe.

PROM (Programmable Read Only Memory)

Memória somente de leitura programável, ou seja, as informações que são gravadas nesta memória, não podem ser apagadas.
EPROM (Eresable and Programmable Read Only Memory)

Memória somente leitura programável e apagável, são os chips que podem ser programados e apagados várias vezes, existem modelos EPROM apagáveis por luz ultra-violeta.

EEPROM (Eletronicly Eresable and Programable Read Only Memory)

Memória eletronicamente apagável e programável, são os tipos de CMOS dos computadores atuais, podem ser apagados e regravados sem a necessidade de removê-la da Placa-mãe, as atualizações de BIOS podem ser baixadas da internet e gravadas por um software do fabricante da placa-mãe.

RAM (Randon Access Memory) ou memória de acesso aleatório

Caracteriza-se as memórias que depende de alimentação elétrica constantemente, ou as informações constantes serão perdidas, a memória principal do computador por exemplo é RAM, por esta razão devemos sempre salvar nossos arquivos antes de desligar a máquina, ou as informações serão perdidas.

SRAM (Static Randon Access Memory)

A memória “Ram estática”, é usada como memória auxiliar (ou cache), sua principal característica é a alta velocidade, existe memória cache em processadores e HD´s por exemplo.

DRAM (Dynamic Randon Access Memory)

A memória RAM dinâmica, é a arquitetura usada na memória principal do computador, tem como característica principal a alta capacidade de armazenamento de dados.

Este tipo de memória, funciona a base de milhares de capacitores microscópicos que armazenam energia elétrica, quando o processador carrega uma informação na memória DRAM, os dados são convertidos pra a linguagem binária (zeros e uns), então os capacitores são carregados aleatoriamente, os capacitores carregados, são reconhecidos pelo sistema como 1, e os descarregados como 0, quando é realizada a leitura da memória.

Desta forma o computador entende “001001101110100110101” (código binário), quando executa a leitura de memória à base de capacitores carregados e descarregados.

Porém, os capacitores por serem microscópicos, não armazenam esta carga elétrica por muito tempo, por esta razão, existe o “circuito de refresh”, que à partir de pulsos elétricos, mantém os capacitores carregados, quando o computador é desligado, o refresh para de funcionar, e capacitores descarregam em poucos segundos, por esta razão, estas memórias são voláteis. 

Tipos de memória DRAM

Antes de comprar memórias para um PC, devemos verificar o tipo de slot da placa-mãe, que são as seguintes:




Memória SIMM  (Single In-line Memory Module)

Usadas em computadores antigos, sempre devem ser instaladas em pares, podemos reconhecer pelo seu formato físico.
Possui 72 vias e uma cava no centro do módulo, como pode ser observado na figura abaixo:

Memória DIMM  (Double in-line Memory Module)

Existem três tipos de memória DIMM, PC-66 (66MHz), PC-100 (100MHz) e PC-133 (133MHz), antes de instalar uma memória DIMM, é aconselhável verificar a compatibilidade no manual da Placa-mãe.

Possui 168 vias e 2 cavas, como mostra a figura abaixo
Memorias DDR
Existem 3 tipos de memória DDR, 266MHz, 333MHz e 400MHz, também dependendo da compatibilidade da Placa-mãe.
Fisicamente, possui 184 vias e 1 cava no centro do módulo.




Memória DDR-2

Também fabricadas em freqüências diferentes, 533MHz e 667Mhz e 800Mhz, fisicamente, tem 240 vias e uma cava.



RAMBUS

Memória usada na primeira geração dos processadores Pentium 4 (sockete 423) foi fabricada em pequena quantidade, por esta razão, a dificuldade de encontrar este tipo de memória, fisicamente possui 2 cavas no centro do módulo:



Dual-channel

Dual-channel são reconhecidas por terem slots em cores diferentes, as memorias usadas '~ao as mesmas memorias usadas em placas normais "single-channel" a diferença está na placa mãe,  como na figura abaixo:
Instalar memórias em Dual-channel, desde que suportada pela placa-mãe, possibilita um ganho de desempenho do sistema, para habilitar este recurso, devemos usar memórias de igual capacidade e freqüência. Para entender melhor o Dual-channel, a memória opera por ciclos, a cada ciclo 64bits  (Bits = cada um dos 0 e 1 do código binário) são enviados, no sistema Dual-channel, por trabalhar duas memórias simultaneamente, somando não somentena capacidade como em placas-mãe normais, mas somando também a taxa de bits, assim teremos a cada ciclo 128 bits (64bits x 2).

Para substituir ou acrecentar memorias no seu computador, verifique antes o tipo de memória suportada pela sua placa-mãe, podemos verificar esta informação lendo o adesivo que vem colado na lateral da memória. Podemos usa memorias de diferentes capacidades, exemplo, uma memória de 1GB junto com uma de 512MB, isso daria 1,5 GB quando somado, mas nunca podemos usar memórias de diferentes velocidades como por exemplo, uma DDR de 400 MHZ com uma de 333MHZ, isso causaria problemas ao sistema que provavelmente não iniciaria mais.

Espero com este artigo, ter ajudado os leitores a entenderem um pouco mais sobre as memórias do computador, em breve, escreverei um novo artigo sobre as memórias mas falando sobre conceitos avançados.

Grande abraço a todos.







quarta-feira, 15 de junho de 2011

Atalhos do Windows.

Todo bom técnico deve conhecer os atalhos do Windows, para isso, neste tutorial apresento vários atalhos úteis, divirtam-se. :-)

ÁREA DE TRABALHO
CTRL+A Selecionar tudo
CTRL+ESC Exibir o menu Iniciar
CTRL ao arrastar um item Copiar um item selecionado
CTRL+SHIFT ao arrastar um item Criar um atalho para um item selecionado
CTRL + ALT + F1 Ver informações do sistema
ALT+ENTER Exibir as propriedades do item selecionado
ALT+F4 Fechar o item ativo ou sair do programa ativo
ALT+TAB Alternar entre janelas abertas
ALT+ESC Percorrer itens na ordem em que foram abertos
F2 Renomear um item selecionado
F3 Procurar um arquivo ou uma pasta
F4 Abrir lista da barra de endereços ? pasta aberta
F5 Atualizar a janela ativa
SHIFT+F10 Equivale ao botão direito do mouse
SHIFT ao inserir um CD Evitar que o CD seja executado automaticamente
SHIFT+DEL Excluir sem colocar na Lixeira
Print Screen Captura tela, para colar em programas como o Paint
Alt + Print Screen Captura somente janela ativa
Janela Voadora (JV) Exibir ou ocultar o menu Iniciar
(logotipo) +BREAK Exibir a caixa de diálogo Propriedades do sistema
(logotipo) +D Mostrar a área de trabalho
(logotipo) +M Minimizar todas as janelas
(logotipo) +Shift+M Restaurar as janelas minimizadas
(logotipo) +E Abrir Meu computador
(logotipo) +F Procurar um arquivo ou uma pasta
CTRL+ (logotipo) +F Procurar computadores
(logotipo) +F1 Exibir a Ajuda do Windows
(logotipo) +R Abrir a caixa de diálogo Executar
Botão Editar Equivale ao botão direito do mouse
(logotipo) + U Abrir o Gerenciador de utilitários
ATALHOS DE TECLADO PARA ACESSIBILIDADE
SHIFT direita por oito segundos Ativar e desativar as teclas de filtragem
ALT esq. + SHIFT esq. + PRINT SCREEN Ativar e desativar o Alto contraste
ALT esq. + SHIFT esq. + NUM LOCK Ativar e desativar as teclas para mouse
SHIFT cinco vezes Ativar e desativar as teclas de aderência
NUM LOCK por cinco segundo Ativar e desativar as teclas de alternância


ALGUNS ATALHOS DO INTERNET EXPLORER
Alt + ? avança para página seguinte
Alt + ? Volta para página anterior
Alt + Home Abre página inicial do Internet Explorer
Ctrl + B Abre janela para organizar Favoritos
Ctrl + D Adiciona página à pasta Favoritos
Ctrl + F Localiza palavra na página
Ctrl + H Ativa barra com histórico na lateral da janela
Ctrl + I Ativa barra com sites favoritos na lateral da janela
Ctrl + N Abre nova janela do navegador
Ctrl + O ou L Abre campo para digitar e ir a nova página da rede ou abrir arquivo
Esc - Interrompe a transmissão de uma página quando está sendo carregada ou
a música de fundo quando existe e a página já está carregada
F4 Exibe histórico da barra de endereços
F5 Atualiza página recarregando-a
F6 Alterna entre frames de uma página e barra de endereços
F11 Alterna entre visualização normal e tela cheia

TECLAS DE TEXTO
Menu Arquivo
CTRL + O Novo
CTRL + A Abrir
CTRL + B Salvar
CTRL + P Imprimir
Menu Editar
CTRL + Z Desfazer
CTRL + R Repetir
CTRL + X Recortar
CTRL + C Copiar
CTRL + V Colar
CTRL + T Selecionar todo o texto
CTRL + L Localizar
CTRL + U Substituir
CTRL + Y Ir para

Outros
CTRL+? Mover o cursor para o início da próxima palavra
CTRL+? Mover o cursor para o início da palavra anterior
CTRL+? Mover o cursor para o início do próximo parágrafo
CTRL+? Mover o cursor para o início do parágrafo anterior
CTRL+ F4 Fechar documento ativo/janela de programa

TECLAS DE FUNÇÕES
F1 Ajuda; Ajuda "On line"; Assistente do Office
F4 Repetir a última ação
F5 Comando "ir para" (menu Editar)
F7 Ortografia e gramática (menu Ferramentas)
F12 Salvar como

SHIFT + F1 Ativa interrogação da ajuda
SHIFT + F3 Altera as letras maiúsculas minúsculas
SHIFT + F4 Repete uma ação de localizar e/ou "ir para"
SHIFT + F5 Desloca-se para uma revisão anterior
SHIFT + F7 Dicionário de sinônimos (menu Ferramentas)
SHIFT + F10 Visualiza o menu de atalhos/botão direito do mouse
CTRL + F2 Vai para a tela visualização
CTRL + F9 Insere um campo vazio para digitação
CTRL + F10 Minimiza a janela do documento
CTRL + F12 Abrir (menu arquivo)
ALT + F5 Restaura o tamanho da janela do programa
ALT + F7 Localiza o erro ortográfico seguinte
ALT + F10 Maximiza a janela do programa

Abrindo programas e utilitários a partir do executar:
compmgmt.msc - gerenciar o computador
devmgmt.msc - gerenciamento de dispositivos
diskmgmt.msc - gerenciamento de discos
dfrg.msc - desfragmentador
eventvwr.msc - visualizar eventos
fsmgmt.msc - pastas compartilhadas
gpedit.msc - diretivas de grupo
lusrmgr.msc - usuários e grupos locais
perfmon.msc - monitor de performance
rsop.msc - conjunto de diretivas resultante
secpol.msc - configurações de segurança
services.msc - serviços gerais

Agora é só treinar.

Gostou do artigo? deixe um comentário!

André Silvertone

Conceitos de redes Wireless

Uma rede sem fio se refere a uma rede de computadores sem a necessidade do uso de cabos – sejam eles telefônicos, coaxiais ou ópticos – por meio de equipamentos que usam radiofreqüência (comunicação via ondas de rádio) ou comunicação via infravermelho,  ou seja, toda e qualquer transmissão de dados sem fio é wireless, este tipo de comunicação não se restringe somente a redes de computadores.

Tecnologias Wireless

}  Bluetooth

}  Bluetooth é uma tecnologia para a comunicação sem fio entre dispositivos eletrônicos a curtas distâncias.(normalmente 10 metros) Bluetooth é um protocolo padrão de comunicação primariamente projetado para baixo consumo de energia com baixo alcance, (dependendo da potência: 1 metro, 10 metros, 100 metros) baseado em microchips transmissores de baixo custo em cada dispositivo. O Bluetooth possibilita a comunicação desses dispositivos uns com os outros quando estão dentro do raio de alcance

}  Pareamento

}  Parear dispositivos é o ato de estabelecer uma comunicação segura "aprendendo" (por entrada do usuário) uma senha secreta. O dispositivo que deseja se comunicar com um outro dispositivo deve informar uma senha que também deve ser digitada no outro dispositivo, assim os dispositivos lembram os nomes amigáveis dos outros e conectam-se de forma transparente todas as vezes. Como o endereço Bluetooth é permanente, o pareamento é preservado, mesmo se o nome de algum dos dispositivos trocar.



}  WiMAX

O padrão WiMAX tem como objetivo estabelecer a parte final da infra-estrutura de conexão de banda larga, oferecendo conectividade para uso doméstico, empresarial e em hotspots. Caracteriza-se pelo longo alcance.

A rede Wimax atualmente possui dois padroes:

}  Nomádico(IEEE 802.16-2004): é o padrão de acesso sem fio de banda larga fixa (também conhecido como WiMAX Fixo

}  Móvel (IEEE 802.16-2005): O 802.16e é o padrão de acesso sem fio de banda larga móvel - WiMAX Móvel e cujos equipamentos estão disponíveis no mercado desde 2007.

As redes WiMAX funcionam de maneira semelhante à das redes de telefonia celular. As transmissões de dados podem chegar aos 1Gbps a uma distância de até 50Km (radial)
Diminui custos de infra-estrutura de banda larga para conexão com o usuário final ;
Deverá ter uma aceitação grande por usuários, seguindo a tecnologia Wi-Fi e diminuindo ainda mais os custos da tecnologia;
Possibilita altas taxas de transmissão de dados;
Possibilita a criação de uma rede de cobertura de conexão de Internet similar à de cobertura celular, permitindo acesso à Internet mesmo em movimento;
Existe amplo suporte do desenvolvimento e aprimoramento desta tecnologia por parte da indústria.

}  IrDA (infra-red)

O sinal infravermelho tem um ângulo específico de trabalho. Nos dispositivos mais antigos este ângulo era de aproximadamente 30º , mas este ângulo tem aumentado para até 130º . A distância máxima pode variar em função do dispositivo, geralmente 4,5 metros

}  Wi-Fi

Wi-Fi foi uma marca licenciada originalmente pela Wi-Fi Alliance para descrever a tecnologia de redes sem fios (WLAN) baseadas no padrão IEEE 802.11

Principais padrões

}  IEEE 802.11a: Padrão Wi-Fi para freqüência 5 GHz com capacidade teórica de 54 Mbps.

}  IEEE 802.11b: Padrão Wi-Fi para freqüência 2,4 GHz com capacidade teórica de 11 Mbps. Este padrão utiliza DSSS (Direct Sequency Spread Spectrum – Seqüência Direta de Espalhamento de Espectro) para diminuição de interferência.

}  IEEE 802.11g: Padrão Wi-Fi para freqüência 2,4 GHz com capacidade teórica de 54 Mbps.

}  IEEE 802.11n: Padrão Wi-Fi para frequência de 2,4 GHz e/ou 5 GHz com capacidade de 300Mbps

AD-HOC

Ad-hoc, do latin, significa “provisório por um único motivo”, em wireless, o ad-hoc é uma ligação direta entre dois dispositivos wi-fi, sem a utilização de um access point, como a ligação de dois notebooks diretamente entre sí.

Tipos de antenas WI-FI
Existem vários tipos de antenas WI-FI, entre elas, conheceremos as principais:
Iagy:
São antenas rígidas usadas externamente em ambientes de condições hostis. Foram projetadas para resistir a formação de gelo, chuva pesada, neve e ventos fortes. Os sinais podem chegar a 30 Km
Painel Setorial
As antenas setoriais têm formato amplo e plano, e são, normalmente montadas em paredes podendo ser interna ou externa. São mais recomendadas para links entre prédios com distâncias de até 8 km. É muito comum ver estes tipos de antenas no alto dos prodios de grandes cidades.

       Como podemos notar no gráfico acima , a antena setorial é direcional, não espalha espectro em todos os sentidos.


Omnidirecional
As antenas omnidirecionais cobrem 360º no plano horizontal. Elas trabalham excepcionalmente bem em áreas amplas ou em aplicações multiponto. Usualmente, este tipo de antena é utilizado em estações base, com estações remotas colocadas ao seu redor.





    Podemos notar no grafico abaixo, que ao contrario da setorial, a antena omnidirecional espalha       espectro em todos so sentidos em plano horizontal


Agora que você conhece conceitos de redes Wireless, aprimore seus conhecimentos aprendendo a configura-la de maneira segura clicando aqui!
Obrigado pela visita ao blog professor André Silvertone, espero que tenham gostado do artigo, se gostaram, comentem!!

Componentes básicos da Placa-mãe

Componentes de uma Placa-mãe:



PCI (Peripheral Component Interconect)



Slot usado para conectar placas Off-board, opera à 32 bits.





AGP (Accelered Graphic Port)

Slot para uso exclusivo de placas aceleradoras 3D, usada para jogos ou por profissionais em web design, não existem placas AGP de som, ou rede, por exemplo, caracteriza-se pela sua localização, obrigatoriamente próximo do chipset central da placa-mãe, e é o slot mais afastado da borda da placa.





PCI – Express



Versão de 64 bits do slot PCI, também usado para placas aceleradoras 3D, com um desempenho melhor que do antecessor AGP.

          Saiba mais sobre placas de vídeo clicando aqui.

Versão 16x:



Versão 4x:


Versão 1x:


Socket de CPU
Os sockets para processador, nos modelos ATX, estão localizados na parte superior da placa-mãe, cada família de processadores usa um tipo diferente de socket, por esta razão, existe limite para up-grade de processadores, sendo impossível, por exemplo, colocar um processador Intel Pentium 4 em uma placa projetada para Pentium 3.

Socket 462

Socket 775 Intel (LGA)

Saiba mais sobre processadores nestes artigos:
Arquitetura CISC e RISC
Conhecendo os processadores


Slot de memória

Chipsets da placa-mãe

 Conheça mais sobre memórias clicando aqui.
O Chipset North Bridge (Ponte Norte), comunica-se diretamente com o processador, interligando-o aos componentes rápidos da placa-mãe (memória e AGP ou PCI-express),  enquanto o South Bridge (Ponte Sul), é intermediária entre a Ponte Norte e componentes mais lentos da placa mãe (Hard-Disk, PCI, USB etc.).
É este Chip que define qual a quantidade máxima de memória suportada, velocidade das memórias e tipo de processador.
Função dos Chipsets
Abaixo, vemos como é feita a comunicação entre os componentes do computador:





IDE

Tem como função, conectar via cabo o disco rígido (HD) ou CD-ROM, Esta conexão é feita à partir do cabo-flat, que deve vir junto com a placa-mãe.



Sata (Serial ATA)

Conexões Para HD ou CD-ROM, foi desenvolvida para substituir o IDE, sendo mais rápido e o cabo ocupa menos espaço no gabinete.


Saiba mais sobre HD neste artigo:
Conhecendo o HD do seu computador


CMOS (Complementary Metal Oxide Semiconductor)


Este chip é uma memoria ROM , tem funções vitais para o funcionamento da placa-mãe, como informações de itens de hardware do computador, configurações de funcionamento, seqüência de dispositivo inicializável entre outras informações, suas funções são divididas em 3.

·                     BIOS: (Basic Input/output System)

Sistema básico de entrada e saída, contem informações sobre os dispositivos instalados.

·                     POST (Power On Self Test)

Quando Ligamos o computador, um auto-teste é executado, onde dispositivos essenciais são testados, caso um destes dispositivos apresente problema, ou a ausência deles, o POST paralisa a inicialização e informa o erro, por texto na tela, ou emite beep´s.

·                     SETUP

O setup é o utilitário de configuração da BIOS, desta maneira que são configurados desde Informações básicas como data e hora, como parâmetros de funcionamento da placa-mãe. Esta ferramenta é acessada quando pressionamos a tecla “DEL” logo após ligar o computador.


Saiba mais sobre erros de POST

Capacitores

Tem a função de filtragem da corrente elétrica que alimenta o processador e o restante das peças do computador, quando apresentam defeito, o computador tende a desligar ou reiniciar sozinho durante a operação, é um dos defeitos mais comuns de Placa-mãe
Quando defeituosos, os capacitores apresentam uma aparência de “estufado” na parte superior, em muitos casos, a substituição pode ser feita por um especialista em manutenção de Placa-mãe, que por se tratar de uma placa extremamente sensível, não devemos utilizar ferro de solda convencional para substituição de componentes.


Capacitores (verdes = capacitores comuns, prateados e vermelhos = capacitores solidos) 


Capacitores ruins (vazando)

Capacitores sólidos, maior durabilidade por suportar maiores temperaturas


Conectores de fontes de alimentação

Existem quatro tipos de conectores da fonte de alimentação da placa-mãe:
·                     ATX 20 pinos
·                     ATX 20 pinos P4
·                     ATX 24 pinos
·                     AT (Antigo)

A fonte de alimentação, de uma maneira geral, é comprada junto com o gabinete, é uma opção comprar o gabinete sem fonte ou a fonte de alimentação separadamente.
A partir deste conector, a fonte alimenta eletricamente os componentes da placa-mãe, o detalhe principal, é que ao comprar uma fonte de alimentação, devemos antes verificar o tipo do conector da placa.

Fonte ATX 24 Pinos

 Fonte AT (antigo)

Conector fonte P4 (usado para alimentação do processador)


O conector P4 (ou Pentium 4), alimenta diretamente o processador, embora tenha o nome “Pentium 4”, o conector também é usado em diversos modelos de placas para processadores AMD.

Conectores do painel frontal do gabinete

Nestes conectores, são ligados os fios dos sinalizadores do painel frontal do gabinete, como o HDD-Led, Power-Led, botão Power e botão Reset, alem dos sinalizadores e botões, também são conectados os fios de USB frontal dos gabinetes.


Em Breve, publicarei a continuação deste tutorial, apresentando componentes mais avançados da placa-mãe.

Forte abraço a todos!!

São Encaixes para memória principal, ou memória RAM, a capacidade de memória do computador esta diretamente relacionada a sua performance, quanto maior a memória, melhor o desempenho.

Slot de memória
                                                      

Módulo se memória RAM


Chipset

Os Chipset´s são chips auxiliares do processador, tem a função de interligar o processador com o restante dos componentes da placa, em geral, são divididos em chips, North Bridge e South Bridge, (Ponte Norte e Ponte Sul).

Espero que tenham gostado do artigo.
deixem um comentário


Siga meu blog por email!! Digite seu email abaixo.

google-site-verification: google53a8eb0bc7dc474a.html